sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Se um desconhecido...







Se um desconhecido de repente lhe oferecer flores...






Achei este desenho escondido na minha gaveta e resolvi dar um empurrãozinho ao rapaz aí, atrás do buquê.
O moço é tão tímido que até hoje não consegui descobrir quem é, nem a que veio.
Quem sabe agora, finalmente, ele toma coragem e entrega de vez essas flores?

4 comentários:

Silvana Tavano disse...

Amália, que ilustração mais simpática! Aposto que tem um rosto vermelho e história atrás desse buquê.
beijo

Carla Caruso disse...

Amália!!! O desenho é seu? você que fez?

se um desconhecido lhe oferecer flores... isso é impulse!

era um perfume ou desodorante. Vc lembra?

Maria Amália Camargo disse...

Obrigada, meninas!
Gostei do rosto vermelho. Pelo menos uma cor agora ele pode ter ;)!
Isso é Impulse! Ah, era um desodorante. Passava o tempo todo na TV, em várias versões: a mulher na rua, no elevador...
Equivale hoje à frequência das propagandas das Casas Bahia. Era um porre (rs).
Beijocas!!!

Maria Amália Camargo disse...

Ah, esqueci: sim, sim, o desenho é meu. Acho que da época em que eu preparava as ilustrações do Cia. 3 Marias...
Bjks, cara mia,