sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Casa suja...

Há três anos, participei duma oficina de leitura e trava-línguas para crianças numa biblioteca pública de Sorocaba.
Preparei mil e uma frases mirabolantes, 'dificílimas', pensei. Era o 'tangolomango de todo troglodita orangotango' pra lá, 'tutu, truta e outras ostras frescas' pra cá, "ah, vai ser uma encrenca de arrasar!". Humpf, que nada: a criançada tirou de letra.
Foi então que percebendo o fracasso dos trava-línguas, um menino de seis anos chegou bem perto de mim e com um ar desafiador pediu que eu repetisse três vezes - e bem rápido! - "casa suja chão sujo".

Pois bem... Faz três anos que não consigo falar "casa suja chão sujo" sem engasgar.

4 comentários:

Silvana Tavano disse...

É assim mesmo, eles acabam com a gente, rsrs. Outro dia, na Creche da USP, uma menina de seis anos veio me dizer que tinha uma pergunta errada no livro. A pergunta: "E o mar, começa ou termina na areia?". Com ar de professora, explicou que o mar começa nos rios, e ainda disse: "é claro, né?". Então tá.

beijo!

Maria Amália Camargo disse...

Hahahaha... essa foi boa! É verdade, eles dão explicações com ar de professor.
Terríveis, terríveis...
Beijoca,

Tino Freitas disse...

E as pessoas dizem que o desafio são as criqnças de sete anos... Besteira: as de seis é que são!!!
Minha experiência: depois de quase fracassar tentando explicar o que é um Troll, dizendo que não é um isso, que se parece com aquilo, etc... uma criança (certamente com seis anos afirmou: - Eu sei! Troll é um duende geneticamente modificado.
Então tá!!!

Maria Amália Camargo disse...

"Troll é um duende geneticamente modificado"? Hahahahaha... Essa criançada deveria era escrever uma enciclopédia! Os pequenos, sim, é que sabem das coisas! E os de seis anos!
Beijos, abraços musicais e apertos de mão,