segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Ai, que calor!

Aqui tá tão quente que até os mosquitos fugiram. Foram tomar banho de rio no Tietê. Socorro!

5 comentários:

vida cotidiana disse...

Aqui no Rio, os mosquitos fugiram para o sul.

Paulinha disse...

Oi Maria Amália,
Lembra daquele cachorrinho que prescisava de um novo dono? Fiz uma poesia para ele e outros cães que estão na mesma situação... Vai lá ver!
Beijos Paulinha


http://paulinha.akkari.zip.net

Maria Amália Camargo disse...

E o post foi escrito com o intuito de exorcizar o calor, mas ele só aumenta. Blergh!
Ana, como você sobrevive ao calor aí no Rio? Tem alguma receita mágica?
Paulinha! Muito lindo o poema! Divulgando no seu blog já ajuda bastante a conscientizar outras pessoas do problema. Parabéns e muito obrigada!!!!
Beijocas calorentas pra vocês,

Rosaly Senra disse...

Calor tá por todo canto, aqui nessa nossa região sudeste... boa é a vida de sapo, na beira da lagoa, só enchendo barriga com muriçocas, pernilongos, mosquitos e outros alados. Eu quero uma vida assim.

Maria Amália Camargo disse...

É... é uma ideia! Mas eles correm o risco de serem perseguidos no brejo e daí uma moça vem e quebra o encanto e eles voltam à vida de príncipes e... Bom, será que nos castelos têm ar-condicionado?
Beijocas, Rosaly!