sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Você já perdeu o juízo?

E quem nunca perdeu?



O menino de cabeça pra baixo aí de cima não tem um parafuso lá muito apertado na cabeça. Bom, digamos que o inventor do livro também não ;)... Quando junta personagem, autor e ilustrador assim é confusão e história boa na certa!



Cadê o juízo do menino? é uma história escrita e cantada pelo talentoso roedor Tino Freitas. As ilustrações são da também desajuizada e sempre divertida Mariana Massarani. Chique demais. Publicação da Editora Manati!
Pra quem quiser deixar a máquina do pensamento nos trinques ou então entrar em parafuso, o Juízo está disponível nas melhores casas do ramo.

Muito obrigada, Tino e Ana Paula!

Ah, o problema é que agora fiquei curiosa pra saber a história do pudim viajante...

10 comentários:

vida cotidiana disse...

Me deu vontade de conhecer a história do juízo do menino... para onde ele foi? bjs

Maria Amália Camargo disse...

Ah, não posso contar... A gente só fica sabendo no final! E ninguém poderia imaginar que o juízo estaria lá... Hum...
Beijocas, Ana!

Tino Freitas disse...

Quando a gente desvirtualizar a amizade num saboroso café paulista eu conto do pudim... garanto... é uma história das boas... Que legal você ter encontrado meu juízo. Beijundas e até breve.

disse...

hey, fiz um post em sua homenagem... ;)

Maria Amália Camargo disse...

Hum... Pudim com café? Só vai faltar o pão de queijo! Oba!

Uma homenagem pra mim? Que chique, Denise. Puxa, muito obrigada!
Vou lá ver! :)

Beijocas pra vocês!

may disse...

Na próxima ida à livraria, vou atrás desse menino sem juizo, sou fã dos "roedores". Por enquanto, estou me divertindo, e muito, com as fabulosas três Marias! Ainda estou no meio, Lucyferbelle apareceu há pouco.Já ri demais, quase caio da cadeira com o "joga as traças,Rapunzel!"Como é que uma moça tão fina, de boa compostura,aparentando tanta seriedade, inventa tanto absurdo? Qual é o seu chá?
beijo
may

Gatinhos de toda parte disse...

Oi, Maria Amalia!

A rifa dos gatinhos do cemitério fechou!

O sorteio será nesse sábado, dia 22/08

Muito obrigada pela ajuda :)

Maria Amália Camargo disse...

May! Você está se divertindo? Não posso crer! Que honra. Muito obrigada! Fico feliz em saber :).
Ai, Lucyferbelle é terrível, malévola! Ela é mais perigosa do que Maria de Fátima de Vale Tudo. Muito mais tenebrosa do que qualquer mega-ultra-super-vilã de novela...
Meu chá? Hum... Vou lá olhar...

Oba! Que ótima notícia Patrícia! Depois, por favor, manda pro meu emelho o nome e o endereço do felizardo.
Boa sorte a todos!

E beijocas pra vocês,

Anônimo disse...

Botando minha colher no caldeirão: Essa Lucyferbelle, assim mesmo com Y e dois LL é malévola, já sabia. Sei das malvadezas dessazinha acontecidas há muito. Será em quem vc se inspirou? Foi o bruxo que te contou? ... não conheço a tal, só vi os roxos e cicatrizes, pobrezinho!

Maria Amália Camargo disse...

Vou contar um segredo pra vocês: Lucybelle é minha queridinha.
Ainda bem que ela existe; assim não preciso pagar psicólogo.
Hahahaha...
Beijocas pra todos que um dia foram atazanados (ou ainda são) por uma Lucyferbelle,